Universidades Participantes Sisu 2020 – Lista de instituições de ensino

O Sisu (Sistema de Seleção Unificada) é um dos principais métodos de ingresso nas universidades e  públicas do Brasil. Ao todo são mais de 150 instituições participantes espalhadas por todos os estados.

Para ingressar da edição do Sisu 2020 basta ter participado do Enem 2019, não ter tirado zero na redação e obtido mais de 480 pontos de resultado gera na prova. Clique aqui para ver o passo a passo de como se inscrever.

Confira, abaixo, a lista completa de universidades participantes do Sisu 2020 em cada estado e o percentual de vagas disponíveis.

Universidades Participantes

NORDESTE

  • Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade do Estado do Bahia (UNEB) – Parte das vagas pelo Sisu;
  • Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) – 50% das vagas pelo Sisu;
  • Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade do Estado do Ceará (UECE) – 25% das vagas pelo Sisu;
  • Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) – Todas as vagas serão preenchidas pelo Sisu;
  • Universidade Federal de São Francisco (Univasf) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal do Piauí (UFPI) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) – Todas as vagas pelo Sisu, exceto para cursos que exigem teste de habilidade específica;
  • Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal de Sergipe (UFS) – Todas as vagas pelo Sisu, exceto para o curso de Música;
  • Universidade Estadual do Piauí (UESPI) – Todas as vagas pelo via Sisu;
  • Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal de Alagoas (IFAL) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal do Piauí (IFPI) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) –50% Sisu e 50% vestibular;
  • Instituto Federal de Sergipe (IFS) – 50% das vagas pelo Sisu;

NORTE 

  • Universidade Federal do Acre (UFAC) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal do Amazonas (UFAM) – 50% das vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal do Tocantins (IFTO) – Parte (percentual não divulgado) das vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal de Roraima (UFRR) – Parte (percentual não divulgado) das vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal do Acre (IFAC) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM) – 20% das vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal do Amapá (IFAP) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal do Pará (IFPA) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal de Rondônia (IFRO) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal de Roraima (IFRR) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal do Tocantins (UFT) – Todas as vagas pelo Sisu;

CENTO-OESTE

  • Universidade de Brasília (UnB) − 50% das vagas pelo Sisu e 50% pelo PAS no 1º semestre e todas as vagas via vestibular no 2º semestre
  • Universidade Federal de Goiás (UFG) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade do Estado do Mato Grosso (Unemat) – Todas as vagas pelo Sisu no 1º semestre e todas as vagas via vestibular no 2º semestre;
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal Goiano (IF Goiano) – 70% via vestibular e 30% via Sisu;
  • Instituto Federal do Mato Grosso (IFMT) – 50% das vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal do Mato Grosso do Sul (IFMS) – Todas as vagas pelo Sisu;

SUDESTE

  • Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal Sudeste de Minas Gerais (IFSudesteMG) – 50% das vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal do Sul de Minas Gerais (IFSuldeMinas) – 70% das vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal de Uberlândia (UFU) – Todas as vagas pelo Sisu, exceto para cursos que exigem teste de habilidade específica no 1º semestre e todas as vagas via vestibular no 2º semestre;
  • Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) – usa ENEM como 1ª fase do vestibular para alguns cursos, e o Sisu para outros;
  • Universidade Federal do ABC (UFABC) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG) – 50% das vagas pelo ENEM/Sisu exceto os cursos que exigem teste de habilidade específica;
  • Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFF) – Algumas vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio de Janeiro (Cefet-RJ) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Estadual da Zona Oeste (UEZO) – Todas as vagas pelo Sisu;

SUL

  • Universidade Federal do Rio Grande (FURG) – Todas as vagas pelo Sisu e cursos a distância pelo ENEM;
  • Universidade Federal do Pampa (Unipampa) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal do Paraná (IFPR) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) – 50% das vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal Farroupilha (IF-Farroupilha) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – 30% das vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) –Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal Catarinense (IFC) – Todas as vagas pelo Sisu;

Como escolher a universidade no Sisu 2020?

Para escolher a universidade basta selecionar a primeira e segunda opção no momento da inscrição. Não se esqueça de conferir a modalidade do curso (se licenciatura ou bacharelado) e em que período é (diurno ou noturno). As informações de cada curso ficam disponíveis e podem ser alteradas a qualquer momento até o último dia do período de inscrição.

Cursos mais disputados

Os cursos mais disputados, segundo informações do Sistema de Seleção Unificada de 2019. Segue o percentual de candidatos por vaga para cada um dos cursos:

  • Medicina: 52,90
  • Publicidade e Propaganda: 32,32;
  • Nutrição:  27,67;
  • Farmácia: 26,97;
  • Ciência da Computação:25,14;
  • Direito 24,41; 
  • Relações Internacionais: 23,94;
  • Arquitetura e Urbanismo:23,59;
  • Psicologia:  22,32;
  • Enfermagem:21,98;

Como funciona o processo seletivo?

O processo seletivo funciona por meio da análise da nota de corte usando o resultado do Enem 2019. As instituições têm liberdade para definir pesos diferenciadas para cada prova. Desse modo, quem vai disputar para o curso de medicina, por exemplo, pode concorrer com a nota do Enem tendo um peso maior para a prova de ciências, por exemplo.

Durante o período de inscrição as notas de corte do Sisu 2020 são atualizadas todos os dias às 00:00 de acordo com a atualização de concorrentes e vagas do sistema.

 

Deixe um comentário