Vagas Sisu 2020 – Relação de vagas para cursos das universidades públicas em 2020

O cronograma das universidades para as vagas do Sisu 2020 (Sistema de Seleção Unificada) já estão sendo divulgados. Segundo o Ministério da Educação serão 235 vagas distribuídas na primeira chamada e 57 mil no processe seletivo do segundo semestre.

As vagas do Sisu 2020 são definidas com base na quantidade de cadeiras vagas disponíveis pelas universidades públicas que fazem parte do processo seletivo. Da totalidade de cadeiras disponíveis 1/3  são destinadas aos cotistas – candidatos de baixa renda ou que se autodeclarem negros, pardos ou indígenas.

Abaixo você confere a lista completa de vagas já divulgadas em universidades do Sisu. Não se esqueça de conferir a nossa lista completa de instituições participantes e as notas de corte. Assim, já estará atento para as suas melhores chances no processo seletivo de 2020.

Como consultar as vagas do Sisu?

A consulta de vagas do Sisu pode ser realizada pelo site do MEC no momento da realização da inscrição (veja aqui o passo a passo da inscrição). Conforme o cronograma o período abre a partir do dia 22 de janeiro,um dia após a divulgação do resultado do Enem 2019 e vai até o dia 27 de janeiro.

Uma vez feito o cadastro no site basta clicar em “Primeira Opção do Curso” ou “Segunda Opção do Curso” e usar os filtros do sistema para saber quais são os cursos e instituições disponíveis em cada estado.

Inscrição Sisu 2020 - Passo 5

Ao clicar no curso de interesse onde diz “detalhes do curso” pode-se saber qual é o número de concorrentes, vagas disponíveis e a nota de corte do curso. Durante o período de inscrição, essas informações serão atualizadas todos os dias à 00:00.

SISU Aluno 2020

Assim, o candidato poderá alterar a escolha de primeira e segunda opção de curso até o último dia do inscrição do cronograma. O Sisu 2020 usa a nota do Enem 2019 para o ingresso – um dos requisitos para poder participar do processo seletivo.

Inscrição Sisu 2020 - Passo 4

É importante ficar atento as novidades das universidades. Na UFB, por exemplo abriu novo curso de Ciência de Dados em Inteligência Artificial. A abertura de turmas, embora com menos vagas do que os demais cursos, pode ser grande oportunidade para aqueles que ainda não têm certeza de que curso querem estudar.

Vagas para ampla concorrência e cotas

As vagas disponibilizadas pelas universidades são guiadas pela lei das cotas, a qual exige que parte das cadeiras disponíveis sejam destinadas para políticas de ações afirmativas, no caso, as cotas para pessoas de baixa renda ou que se autodeclarem indígenas, pardas ou negras.

Tais medidas servem à democratização do ingresso de alunos multiculturais nas universidades. Nesse caso, os candidatos deverão escolher entre duas modalidades:

  • Vagas SISU 2020 Ampla Concorrência: para concorrer nessa modalidade, só é preciso ter feito o ENEM 2019 e não ter zerado a prova ou a redação;
  • Vagas SISU 2020 Cotas: para se inscrever é preciso se enquadras nos perfis de alunos da rede pública de educação ou ser de baixa renda ou ser afrodescendente ou indígena. Entre a documentação exigida para a matrícula terá documentos que comprovem essa situação para autorização do ingresso.

Quantidade de vagas do Sisu 2020

  • UNEP (Universidade Estadual do Norte do Paraná) – 307 vagas; 177 ampla concorrência e 130 por ações afirmativas;
  • IFMS (Instituto Federal do Mato Grosso do Sul) – 960 vagas
  • UFB (Universidade Federal do Paraíba) – 7872 vagas; 3.960 ampla concorrência e 3.942 em cotas;
  •  UFJS (Universidade Federal de São João del Rei) – 890 vagas;
  • UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) – 8.748 vagas; 4.942 para ampla concorrência; 3.806 em cotas;

Lista completa de vagas em universidades

NORDESTE

  • Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade do Estado do Bahia (UNEB) – Parte das vagas pelo Sisu;
  • Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) – 50% das vagas pelo Sisu;
  • Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade do Estado do Ceará (UECE) – 25% das vagas pelo Sisu;
  • Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) – Todas as vagas serão preenchidas pelo Sisu;
  • Universidade Federal de São Francisco (Univasf) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal do Piauí (UFPI) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) – Todas as vagas pelo Sisu, exceto para cursos que exigem teste de habilidade específica;
  • Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal de Sergipe (UFS) – Todas as vagas pelo Sisu, exceto para o curso de Música;
  • Universidade Estadual do Piauí (UESPI) – Todas as vagas pelo via Sisu;
  • Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal de Alagoas (IFAL) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal do Piauí (IFPI) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) –50% Sisu e 50% vestibular;
  • Instituto Federal de Sergipe (IFS) – 50% das vagas pelo Sisu;

NORTE 

  • Universidade Federal do Acre (UFAC) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal do Amazonas (UFAM) – 50% das vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal do Tocantins (IFTO) – Parte (percentual não divulgado) das vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal de Roraima (UFRR) – Parte (percentual não divulgado) das vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal do Acre (IFAC) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (IFAM) – 20% das vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal do Amapá (IFAP) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal do Pará (IFPA) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal de Rondônia (IFRO) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal de Roraima (IFRR) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal do Tocantins (UFT) – Todas as vagas pelo Sisu;

CENTO-OESTE

  • Universidade de Brasília (UnB) − 50% das vagas pelo Sisu e 50% pelo PAS no 1º semestre e todas as vagas via vestibular no 2º semestre
  • Universidade Federal de Goiás (UFG) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Estadual do Mato Grosso do Sul (UEMS) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade do Estado do Mato Grosso (Unemat) – Todas as vagas pelo Sisu no 1º semestre e todas as vagas via vestibular no 2º semestre;
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal Goiano (IF Goiano) – 70% via vestibular e 30% via Sisu;
  • Instituto Federal do Mato Grosso (IFMT) – 50% das vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal do Mato Grosso do Sul (IFMS) – Todas as vagas pelo Sisu;

SUDESTE

  • Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal Sudeste de Minas Gerais (IFSudesteMG) – 50% das vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal do Sul de Minas Gerais (IFSuldeMinas) – 70% das vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal de Uberlândia (UFU) – Todas as vagas pelo Sisu, exceto para cursos que exigem teste de habilidade específica no 1º semestre e todas as vagas via vestibular no 2º semestre;
  • Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) – usa ENEM como 1ª fase do vestibular para alguns cursos, e o Sisu para outros;
  • Universidade Federal do ABC (UFABC) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG) – 50% das vagas pelo ENEM/Sisu exceto os cursos que exigem teste de habilidade específica;
  • Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (UENF) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense (IFF) – Algumas vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro (IFRJ) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Centro Federal de Educação Tecnológica do Rio de Janeiro (Cefet-RJ) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Estadual da Zona Oeste (UEZO) – Todas as vagas pelo Sisu;

SUL

  • Universidade Federal do Rio Grande (FURG) – Todas as vagas pelo Sisu e cursos a distância pelo ENEM;
  • Universidade Federal do Pampa (Unipampa) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal do Paraná (IFPR) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) – 50% das vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal Farroupilha (IF-Farroupilha) – Todas as vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – 30% das vagas pelo Sisu;
  • Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) –Todas as vagas pelo Sisu;
  • Instituto Federal Catarinense (IFC) – Todas as vagas pelo Sisu;

 

Deixe um comentário